Com premiação milionária, Campeonato Mundial da PTO acontece neste domingo (6), nos Estados Unidos

Competição será realizada no Challenge Daytona com premiação recorde de U$1.150.000,00. Igor Amorelli, André Lopes e Pâmella Oliveira representam o Brasil na competição.

4 de dezembro de 2020 – Neste domingo (6), cerca de cem atletas profissionais disputarão o Campeonato Mundial da Organização de Triatletas Profissionais (PTO – sigla em inglês). Após um ano marcado por diversos cancelamentos e uma mudança enorme no calendário de eventos esportivos, os melhores triatletas do mundo estarão alinhados para encarar 2 km de natação, 80 km de ciclismo e 18 km de corrida em Daytona, nos Estados Unidos.

O evento tem formato inédito e será realizado no Challenge Daytona com distâncias próximas a um Ironman 70.3. Além disso, a competição terá uma premiação recorde de U$1.150.000,00. Todos esses fatores atraem para os Estados Unidos um grupo fortíssimo e a disputa promete ser extremamente equilibrada.

Todo o percurso do evento será realizado no Daytona International Speedway. A natação terá duas voltas de 1.000 metros, enquanto o ciclismo será realizado em vinte voltas (de 4 quilômetros cada) no circuito oval do autódromo. A corrida terá ocorre na pista com quatro voltas de 4,5 quilômetros. O evento terá transmissão ao vivo através do site https://championship.protriathletes.org/live-broadcast/a partir das 11h (horário de Brasília).

Brasileiros na disputa:

Três brasileiros ganharam o direito de competir no Challenge Daytona: Igor Amorelli, André Lopes e Pâmella Oliveira. Igor e Pâmella ficaram com as vagas pelos critérios de classificação através do ranking mundial, enquanto André alcançou a classificação após uma competição realizada nos Estados Unidos.

Start list da prova

Sobre a PTO:

A PTO é a Organização de Triatletas Profissionais. Uma entidade sem fins lucrativos que consiste na união de triatletas profissionais para promoção e contribuição com o esporte. O modelo de organização é baseado em entidades como a PGA/LGPA no golfe e ATP/WTA no tênis. Um corpo representativo profissional é a evolução natural para o esporte, e agora é chegada a hora do PTO para o triatlo. Com seu parceiro de investimento, Crankstart Investments, o PTO agora pode contribuir com seus recursos e a voz coletiva de triatletas profissionais para ajudar o esporte a crescer e prosperar.

Como o PTO foi fundada?

A PTO começou a tomar forma no final de 2014, quando um grupo de atletas se reuniu e pensou em estabelecer uma organização para que eles pudessem contribuir com uma voz para a comunidade do triatlo. Naquela época, os atletas estavam ansiosos para ver a melhor forma de desenvolver o esporte, mas devido às suas localizações geográficas dispersas e disponibilidade de tempo limitada, era difícil conseguir muita atração. Ele foi mantido vivo por um pequeno número de atletas que continuaram a doar seu tempo para tentar descobrir uma maneira da entidade se tornar uma realidade econômica.

Hoje a PTO é uma realidade. Uma entidade organizada e que tem a missão de mostrar a paixão, talento, determinação, lutas e conquistas dos profissionais dedicados que buscam realizar os mais altos níveis do esporte e inspirar todos aqueles que participam do triathlon e ser um membro valorizado na Comunidade.

Premiação milionária:

O PTO World Championship contará com a maior premiação da história do triathlon mundial. Serão U$1.150.000,00 em prêmios, distribuídos de forma igualitária para homens e mulheres. Após o anúncio da premiação de U$1.000.000,00 a entidade conseguiu arrecadar mais U$150.000,00 e incrementar o valor para que todos os atletas participantes recebam uma premiação. A divisão seguirá o seguinte formato:

Parcerias de mídia garantem divulgação global:

A cobertura ao vivo do evento será exibida no Peacock, o serviço de streaming da NBC Universal, além do PTO live stream. Entre os países que transmitem a corrida ao redor do mundo estão Austrália (Fox Sports Australia), Balcãs (Sportklub), Canadá (TSN ), China (Tencent), França (L’Equipe), Índia (Eurosport), Itália (Sportitalia), América Latina e Caribe (DirecTV), Pan Ásia, incluindo Brunei, Camboja, Hong Kong, Indonésia, Mianmar, Cingapura, Filipinas, Tailândia e Vietnã (Fox Sports Asia), África do Sul (Supersport), Espanha (RTVE), Turquia (Ssport) e Reino Unido (BT Sport).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Formulário para denúncias de eventos irregularidades